Don't Worry Be Happy!!!

Educação de baixíssimo nível nas instituições privadas de ensino superior – Enade 2007: 508 cursos estão na mira do MEC por baixo desempenho; particulares são maioria

 

Enade 2007: 508 cursos estão na mira do MEC por baixo desempenho; particulares são maioria

Da Redação
Em São Paulo

Dos 3.239 cursos de ensino superior avaliados no país pelo Enade 2007 (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes), 508 estão na mira do MEC (Ministério da Educação) por baixo desempenho. Essas graduações obtiveram notas 1 e 2 no CPC (Conceito Preliminar de Curso), nova modalidade que integra a avaliação.

Os cursos das faculdades particulares são maioria na lista: 13 deles obtiveram índice 1, de um total de 24. Com índice mínimo também ficaram 11 públicas (divididas em estadual, federal e municipal). As graduações de educação física lideram essa categoria: três são de autarquias municipais (Uned, Esefap e Ucsal) e duas são de federais (UFBA e Ufes).

Com CPC 2 estão 484 instituições. São 316 privadas e 168 públicas. Enfermagem é o curso que terá mais visitações da comissão do MEC: são 103 graduações. Educação física tem 67. Farmácia e fisioterapia empatam com 56 cursos.

Segundo o MEC, a visita aos cursos com notas 1 e 2 poderão alterar a média obtida, já que a comissão poderá vistoriar in loco. Os cursos com conceito igual ou maior que 3 podem optar por não receber a visita dos avaliadores e, assim, transformar o CPC em conceito permanente.

O que é o CPC

O CPC é um indicador prévio da situação dos cursos de graduação, composto por 40% da nota da prova, 30% da nota do IDD (Indicador de Diferença de Desempenho) e 30% da avaliação dos professores e do questionário socioeconômico do Exame. A escala também vai de 1 a 5. As instituições com nota 1 e 2 são automaticamente incluídas na lista de inspeção por uma comissão do MEC.

Das mais de 3 mil instituições avaliadas, a comissão do MEC pretende visitar de 20% a 25% do total. "A criação do CPC é absolutamente necessária porque antes não havia correspondência entre o Enade e as avaliações in loco. O conjunto deve ser avaliado, e não somente as partes, como era feito no Exame até então", disse Fernando Haddad no lançamento dos resultados, em Brasília.

Áreas avaliadas

O Enade avaliou cursos das mesmas áreas examinadas em 2004: agronomia, educação física, enfermagem, farmácia, fisioterapia, fonoaudiologia, medicina, medicina veterinária, nutrição, odontologia, serviço social, terapia ocupacional e zootecnia, além dos cursos de biomedicina, tecnologia em radiologia e tecnologia em agroindústria. Esta foi a primeira vez que cursos de tecnologia foram avaliados no Exame.

A prova foi aplicada em 11 de novembro de 2007. O Enade faz parte do Sinaes (Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior) e seu objetivo não é dar nota ao aluno, mas avaliar a qualidade do ensino que está sendo oferecido a ele.

retirado de http://educacao.uol.com.br/ultnot/2008/08/06/ult105u6808.jhtm

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s