Don't Worry Be Happy!!!

Sobre o caminho, um árduo caminho!

Sobre o caminho, um árduo caminho!

 

Encontramos muitas pedras pelo caminho, e com o tempo juntamos uma montanha.

Podemos construir uma muralha e nos protegermos de tudo e de todos.

Também podemos construir pontes que nos liguem aos distantes opostos.

Assim atingimos o que anteriormente parecia distante e impossível.

Também caímos em muitos buracos, e assim aprendemos a escalar para sair fora.

Desenvolvemos a habilidade de olhar para o chão para não viver caindo em armadilhas.

Mas, isso dói e nos deixa cicatrizes, algumas são profundas e convivemos diariamente com elas.

É uma forma de nos recordarmos de nossas escolhas e percebermos os equívocos.

Nosso caminho, trajetória é compartilhada com outras pessoas.

Podem ser parceiros ou adversários, ajudar ou atrapalhar, ensinar ou desaprender, vale tudo.

Mas, o importante é o convívio, a troca, o afeto, os sentimentos positivos, a alegria, o AMOR, entre outros.

Desejamos aquilo que não possuímos e nos esquecemos de agradecer o que conquistamos.

Nossos relacionamentos deixam sempre a desejar, pois somos eternos insatisfeitos, coisas do EGO.

Se nos relacionamos com alguém que gosta de brincar queremos alguém que seja sério.

Se essa pessoa é trabalhadora, desejamos alguém que aprecie o lazer, o ócio.

Se ela é baixa, gostaríamos que fosse um pouco mais alta.

Se gosta de sair, preferimos alguém mais caseiro, tranqüilo.

Às vezes ela é muito bonita, mas não é sensível.

Tudo junto, não vamos encontrar, é uma ilusão.

Uma incessante busca pelas qualidades que não estão presentes no momento.

Perceba quais os aspectos mais importantes para um relacionamento duradouro e invista neles.

Muitas vezes expressamos sentimentos negativos e pessimistas.

Fazem parte, convivemos com outros seres, um outro mundo, outro universo.

E nem sempre as coisas são como gostaríamos que fossem.

A pior coisa é quem tem medo de se envolver, se doar, se entregar.

Se não quer se envolver, namore uma planta. É mais previsível, não há cobranças.

Mas, de qualquer forma precisará cuidar dela com amor e carinho, senão morrerá.

Na vida e no amor, não temos garantias, é uma grade aventura, um risco.

Se tiver coragem estenda as mãos e abrace o outro com toda sua força.

Entregue-se como gostaria que o outro se entregasse a você, confie no poder do AMOR.

Quando aprendemos a aceitar o outro na sua plenitude nos tornamos completos.

Criamos uma beleza que flui entre os corpos e nos tornamos seres divinos.

Mas isso é utopia, algo que procuramos alcançar com muito esforço, pois não há conquista sem sofrimento.

Cada lágrima que escorre dos meus olhos revela o quanto sou humano, demasiado humano.

Os sentimentos que envolvem meu corpo são como músicas tocadas por uma sinfonia.

Tem seus altos e baixos, início, meio e fim, existência perene.

Os pensamentos que transitam pela minha mente também são como música, mas as vezes se tornam ruídos e incomodam.

Nascemos sós, e morremos da mesma forma, por isso o que vale são os caminhos compartilhados, as pontes construídas.

Chegamos aqui sem nada e sairemos da mesma forma, portanto contemple cada momento da existência como algo singular, único.

 

Om Namah Shivaia!

 

 

 

Uma resposta

  1. Estrela

    linda mensagem!!!bjs

    março 30, 2009 às 10:37 pm

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s