Don't Worry Be Happy!!!

O eu e o outros.

O eu e o outros.

 

Em cada passo que damos expressamos nossa humanidade.

Cada expressão corporal evidencia quem somos o que desejamos.

Em nossas palavras externalizamos o que existe em nosso íntimo.

E, comunicamos ao mundo nossos pensamentos, desejos, entre outros.

O encontro com o outro representa a abertura para o diferente, o novo.

E quando a empatia, a simpatia e a alegria estão presentes nos transformamos.

Nessa perspectiva, criamos possibilidades de compartilhar nossas existências.

Aprendemos a coexistir e a reconhecer nossas limitações, se assim desejarmos.

Podemos nos doar incondicionalmente, mas isso é um desafio, um aprendizado.

Tenho percebido que quanto mais me entrego, mais recebo, mais ganho, me transformo.

E, quanto mais resistente sou em relação ao outro, mais inflexível me torno.

Por esse motivo tenho preferido ir a favor, minimizando minhas contrariedades.

O outro, como diferente de nós, pode causar estranheza.

Mas, isso é apenas ilusão momentânea da mente dualista.

Desde que reconhecendo no outro a mesma essência existente em mim.

Tenho gratidão pelas pessoas, “outros”, que tenho conhecido e compartilhado.

Aprendo que o essencial é a harmonia na coexistência, um desafio.

 

Om Namah Shivaia!

Uma resposta

  1. Vanair

    CONCORDO.

    abril 13, 2009 às 5:41 pm

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s