Don't Worry Be Happy!!!

Spirit – Domando Cavalo Selvagem ou é um Touro?

Spirit – Domando Cavalo Selvagem ou é um Touro?

Meu EGO diz: você precisa dela na sua
vida.

Meus sentidos dizem: quem mexeu no
meu queijo?

Minha percepção diz: hummm…. que
confusão está metido!

Desejo o seu abraço, seus carinhos, sua companhia física ao meu lado, sua voz em meus ouvidos, mas…

Minha mente diz: você tem tudo, seu
EGO está te iludindo, a percepção é ambígua e os sentidos mais ainda, isso não
passa de apego.

Fecho os olhos e está tudo nos seus
devidos lugares, ela está em meus braços, abraços, onde foram parar as ilusões?

Orando tudo se desfaz, pois o mantra
é a proteção do devoto, portanto oro constantemente.

Meditando a mente se revela para si
mesma, assim como o EGO, os sentidos e a percepção e tudo mais.

Dessa forma, posso contemplar as
ilusões, limitações que se revelam em "mim", mas um "mim" condicionado, apegado, formatado.

Estando além desse “mim” ilusório,
impermanente, compreendo como tudo se constrói, se revela.

A mente é aquilo que ela mesmo cria,
portanto, se crio desejos a mente é desejo, se crio felicidade a mente se
transforma em felicidade, assim por diante.

Portanto, acredito no poder da
auto-criação, do despertar de um SER além das dualidades, transcendental.

Revelando o que está oculto no “mim” confinado,
insuficiente, imperfeito.

O SER que habita meu corpo não se
limitada ao “mim”, ao EGO, a percepção, aos sentidos ou a mente.

A consciência é algo que se manifesta
como um ato de criação divina!

Aqui reside o infinito potencial de
manifestação divina, DEUS na sua essência, ser primordial.

Retirando as cascas podemos ir
percebendo as ilusões, limitações se revelando, inconsistentes.

Bem que “EU” gosto, gostaria, "mas quando um não quer o outro se cala, ou pelo menos faz algum esforço para ficar calado".

Dessa forma, no momento o que se revela são incoerências, divergências, dualidades, ambiguidades, distanciamento, limitações.

Nessa dimensão, a união, unicidade, comunhão ou fusão se torna apenas uma meta, um vir-a-ser.

Onde está o abraço no qual tudo se desfaz? Acredita nisso? Um simples abraço que revela a divindade, união, AMOR!

Pois é, mesmo sabendo de tudo isso continuo limitado, pois existe a inter-dependencia entre todos nós.

Reconhecendo posso ir além, e, assim tenho vivido essa existência.

No meu caso escrevo, pois é a forma que encontrei para externalizar essas inquietações, comunicando ao mundo!

Om Namah Shivaia!

4 Respostas

  1. Fatima

    Excelente escolha do texto.Jinhos meditativos

    setembro 23, 2009 às 10:43 am

  2. Ville

    Eu tenho tudo e não tenho nada…Você pode ter encontradotudo o que eu procuro!…Cuide-se,beijo – Ville

    setembro 23, 2009 às 11:51 pm

  3. TAMARA

    interessante, mas pra variar eu discordo…rsrs

    setembro 24, 2009 às 1:06 am

  4. konan

    tres coll bisouu a toi

    outubro 3, 2009 às 8:30 am

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s