Don't Worry Be Happy!!!

A Montanha!

A
Montanha!


Imensidão
de rochas nas alturas.

Sou
infinitamente pequeno diante delas.

Frágil,
estranho como um animal em território inóspito.


em cima o universo se transforma, o micro se torna macro.

Um
local de divina inspiração, contemplação da imensidão e do poder de
incomensurável de criação.

Onde
as forças da Mãe Natureza adquirem um poder surpreende.

Uma
tempestade de raios, relâmpagos, trovões, chuva de granizo, vento intenso.

Assim
posso descrever alguns momentos vividos lá em cima, no cume.

Exposto
às forças da Mãe Natureza percebo e compreendo a fragilidade humana.

Mas,
também, o desejo de superar a si mesmo, num eterno movimento de transcendência.

Buscando
nas entranhas o que está oculto, desvelando o que há de mais profundo no Ser.

O
silêncio lá nas alturas é inspiração para tranquilizar a mente inquieta.

Tal
como sopram os ventos surgem os pensamentos, em certos momentos tempestade, em
outros, suave brisa.

Não
são meus e não me pertencem, apenas fluem, voam soltos, direcionados pelas
forças da Mãe Natureza.

Representam
uma possibilidade de compreender esse eterno movimento de emanação e absorção
da mente.

Os
sentidos, a percepção e a mente estão focados na contemplação estética do
viver, existir, Ser.

As
paisagens são como cartões postais vivos, estão todos diante de mim sendo
doados como um presente divino.

É
como um teatro, tudo ao vivo, sem cortes, nem emendas, a vida no seu sentido
pleno, êxtase.

Agradeço
profundamente por poder viver a vida que escolhi, que escolho a cada
bifurcação.

Tal
como a trilha que leva ao cume da montanha, a vida é repleta de bifurcações,
escolhas.

Cada
uma que fazemos nos leva por um caminho, abrindo novas portas e fechando
outras.

Algumas
delas nos levam para caminhos sem saída.

Surgem
novas paisagens e o cenário vai se transformando no decorrer da caminhada.

Daí
temos que retornar até a ultima bifurcação e escolher outro caminho, pois esse
se mostrou impossibilitado.

Não
há necessidade de se acostumar com o caminho, aliás, é bem vindo que nunca seja
o mesmo, sem apegos ou certezas, ou a mente cristalizada.

No
entanto, estamos caminhando por trilhas, e no viver, nós é que fazemos as
trilhas.

Não
é tão simples como em algumas caminhadas nas quais as trilhas já foram abertas,
restando apenas seguir adiante.

No
viver, cada dia conquisto um novo caminho abrindo trilhas em diferentes
condições.

A
percepção ressalta o mínimo impacto, pois as marcas vão sendo construídas no
decorrer da caminhada.

Como
manifestação divina temos o poder de criar e destruir, portanto, escolha
conscientemente.

Cada
um tem seu Dharma, dessa forma, temos que cuidar para que nossa caminhada
alcance seu objetivo final.

Unir-se
a DEUS, DEUSA, voltar para casa, retornar para o incondicional, sem formas, definições,
ou qualquer outra manifestação material ou sutil.

Somos
tão intensos que não possuímos matéria, somos apenas um conglomerado de
escolhas e possibilidades.

O
Ser está além de toda e qualquer possibilidade de percepção ou compreensão
humana.

Mas
com a matéria densa que nos envolve podemos vivenciar experiências terrenas.

Para
mim particularmente prazerosas, mesmo com todas as perdas e sofrimentos vividos.

No
fundo cada perda tem sua contrapartida como ganho, portanto escolhi está
ultima.

Em
mim reside uma espécie de felicidade continua e duradoura, sem necessidade de motivos.

Na
verdade todos os motivos são motivos, pois simplesmente existo, o Ser
encarnado.

Contemplo
o cantar dos pássaros, as cores das flores, o barulho das águas que me
hipnotiza, me transporta para casa.


onde o infinito reside, morada de DEUS, DEUSA, AMOR.

 

Om
Namah Shivaia!

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s