Don't Worry Be Happy!!!

Eu e você!

Eu
e você!

Não
sei nada sobre você!

Mas
sei tudo sobre nós dois!

Unidos,
não sou eu, nem você!

Mas,
sim uma outra possibilidade.

Um
encontro revelando o poder de criação!

Transcendência
das individualidades.

Superação
das dicotomias, ambiguidades.

Ser
como expressão divina!

Infinitamente
superior aos Egos!

Transformando
nossas existências.

Vivenciando,
amando incondicionalmente!

Se
deliciando com a entrega, sem resistências.

Experimentando
a liberdade de Ser!

Entrelaçados,
fundidos, dissolvidos na eternidade!

Om
Namah Shivaia!

 

 

3 Respostas

  1. Fernanda

    Simplesmente perfeito!!!!

    novembro 28, 2009 às 8:45 pm

  2. karina

    "Eu e vocêNão é assim tão complicadoNão é difícil perceberQuem de nós doisVai dizer que é impossívelO amor acontecerSe eu disser que já nem sinto nadaQue a estrada sem você é mais seguraEu sei você vai rir da minha caraEu já conheço o teu sorriso, leio teu olharTeu sorriso é só disfarceQue eu já nem precisoSinto dizerQue amo mesmo,Tá ruim pra disfarçarEntre nós doisNão cabe mais nenhum segredoAlém do que já combinamosNo vão das coisas que a gente disseNão cabe mais sermos somente amigosE quando eu falo que eu já nem queroA frase fica pelo avessoMeio na contra-mãoE quando finjo que esqueçoEu não esqueci nadaE cada vez que eu fujo, eu me aproximo maisE te perder de vista assim é ruim demaisE é por isso que atravesso o teu futuroE faço das lembranças um lugar seguroNão é que eu queira reviver nenhum passadoNem revirar um sentimento reviradoMas toda vez que eu procuro uma saídaAcabo entrando sem querer na tua vidaEu procureiQualquer desculpaPra não te encararPara não dizerDe novo e sempre a mesma coisaFalar só por falarQue eu já não tô nem aí pra essa conversaQue a história de nós dois não me interessaSe eu tento esconder meias verdadesVocê conhece o meu sorrisoLê no meu olharMeu sorriso é só disfarcePorque eu já nem precisoE cada vez que eu fujo, eu me aproximo maisE te perder de vista assim é ruim demaisE é por isso que atravesso o teu futuroE faço das lembranças um lugar seguroNão é que eu queira reviver nenhum passadoNem revirar um sentimento reviradoMas toda vez que eu procuro uma saídaAcabo entrando sem querer na tua vida"

    novembro 30, 2009 às 12:08 am

  3. Andrea

    li este poema de amor logo após ter lido esse artigo da multidimensionlidade do ser. Tudo a ver. Se tiver paciência, leia Kryon. Acho demais!http://www.luzdegaia.org/kryon/lcarroll/superando_vies.htm

    dezembro 20, 2009 às 8:46 pm

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s