Don't Worry Be Happy!!!

Sem explicações!!!


Sem explicações!

Efetivamente
e afetivamente tenho escolhido o caminho da contemplação.

A
possibilidade de silenciar a boca tem me proporcionado momentos transformadores.

Pois
vivo limitado pelas dualidades que cerceiam a liberdade irrestrita.

De
qualquer forma estar entre a “cruz e a espada” é uma situação inexplicável.

Uns
dizem Amar, outros dizem odiar, uns plantam o sossego, outros desarmonia.

Uns
dão beijo, outros dão tapas, uns sorriem, outros fazem cara feia, zangados.

Uns
exercitam o diálogo, outros procuram exercer o poder aos gritos.

Uma incessante
roda viva na qual estamos conectados uns aos outros, compartilhando em diferentes
níveis.

Diariamente
tenho ouvido isso ou aquilo vindo das pessoas.

Na
maioria das vezes críticas ou julgamentos de valor revelando o desejo de
subjugar o outro.

Tudo
não passa de uma grande encenação que muitos nem tem noção dos papéis que estão
representando.

Ou
até tem noções sobre seus papéis, mas são sempre recriações sobre si mesmos,
configurações do EGO.

Imagens
distorcidas buscando encobertar as fraquezas e limitações.

Expondo,
acusando e culpando o outro pelas suas próprias insuficiências, medos ou
escolhas.

Cada
um veste a fantasia que lhe agrada mais, ou melhor, que possa persuadir exercendo
seu papel.

Como
bom ator incorporo distintos papéis, nem sempre convencionais.

Devo
oscilar entre os pólos opostos, e, assim, dou chance para alguém me rotular de
“bipolar”.

Alguém
que ouviu do senso comum, ou leu na revista veja a mais nova descoberta da
psiquiatria – “distúrbio bipolar”!

Sim,
transito entre os pólos, mas acima de tudo tenho contemplado o meio, o
intervalo entre um e outro.

Se
eu fosse “dar ouvidos” as besteiras que ouço diariamente estaria deprimido,
frustrado com a vida, infeliz.

Aprendi
com minha avó que se foi tendo vivido 102 anos que podemos escutar, diferente
de ouvir apenas.

Por vezes
só ouço “entrando por um ouvido e saindo pelo outro”, mecanismo de preservação.

Sim,
sou feliz, sigo o caminho que escolho a cada respiração, ouço meu coração
pulsar, compreendo minha mente.

Sigo
um caminho que poucos se atrevem a escolher, pois necessita constante revisão
sobre si mesmo.

Um
movimento de recriação constante, sempre em busca da superação.

Por
vezes sinto e percebo que qualquer coisa que eu fale ou faça haverá sempre
alguém para discordar.

Isso
parece não ter fim, pois os seres humanos se encontram nessa condição limitada.

Somos
“assim mesmo”, seres de múltiplas e infinitas possibilidades, mas escolhemos a
mediocridade.

Vejam
só, lá estou eu “julgando”, dizendo que somos isso ou aquilo, blá, blá, blá!

Ir
além do próprio egoísmo exige uma alta dose de coragem, pois o chão parece
desaparecer em certos momentos.

Para
mim desaparece tudo, ou melhor, o universo e a realidade se re-configuram, mas
antes um pouco de vertigem.

O
famoso “loop da montanha russa” quando tudo parece estar seguindo
descontroladamente.

E no
instante seguinte lá estamos nós novamente sedimentados em nossas verdades
voláteis, “bipolares”.

Explicar
o que? Para que? Isso apenas alimenta as dúvidas geradas pela mente inquieta e
assustada consigo mesma.

Sair
do labirinto, ou melhor, construir o caminho encontrando a saída é árdua
tarefa.

Abre
tus ojos!!!

Om Gam Ganapataye Namaha!

Uma resposta

  1. Jaqueline

    Isso poderia deixar algumas pessoas sentirem-se desconfortáveis, acostumadas que estão com todo o barulho e atividade do mundo. Procure encontrar as pessoas capazes de entrar em sintonia com o seu silêncio, ou então desfrute a sua solitude. Este é o momento de reencontrar-se consigo mesmo. A compreensão e os insights que lhe ocorrem nesses instantes manifestar-se-ão mais tarde, em uma fase de maior extroversão da sua vida.

    julho 16, 2010 às 1:22 pm

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s