Don't Worry Be Happy!!!

Preconceitos e perseguições!!!

Preconceitos e perseguições!!!

Em toda história da humanidade os homens vem criando divergências entre si.

Por qualquer motivo constroem separações, classificações, rotulações diversas sobre si e os outros.

Incansáveis especulações, elucubrações, falações sobre a existência, principalmente a alheia.

O outro, muitas vezes é o estranho e divergente, pois não se enquadra na perspectiva de quem está observando.

Perspectiva limitada e limitante, criando formulações sobre o que é observado.

Quando isso acontece nos enclausuramos em nossas razões, pensamentos e percepções, entre outros.

Pior disso tudo é quando a perseguição se torna uma constante, pois o diferente deve ser aniquilado!

Perseguições acontecem desde que o mundo é mundo, sempre se repetem.

Um dos casos mais famosos diz respeito a Jesus, o homem que o exército romano perseguiu.

Na idade média as mulheres foram perseguidas e acusadas de bruxaria, muitas foram queimadas vivas.

Os judeus foram perseguidos pelos nazistas.

Por vezes os corintianos perseguem os são paulinos e vice-versa.

Os políticos perseguem uns aos outros tentando aniquilar o adversário.

Putz…. não tem fim a lista de perseguições…..

Só porque um pensa assim e o outro assado, haja intolerância!

O mundo dos homens é marcado pela violência entre os membros da mesma espécie.

Não é por comida ou simplesmente dominação de território, acontece pelos motivos mais fúteis.

Aparentemente as divergências dominam a mentalidade humana e deve ser por isso que vivem perseguindo uns aos outros.

Ser diferente daquilo que esperam que você seja, ou melhor, do que cobram de você, é considerada uma blasfêmia!

E haja conversa mole no ouvido sobre aquilo que você deveria ser e não é!

Muitos desejam a formatação em série, a criação de verdadeiros autômatos, seres sem individualidade.

A erradicação das idiossincrasias é o objetivo de um processo de exorcização exercido coletivamente.

De dominação e aniquilamento da própria humanidade.

Somos participantes ativos nesse processo, diariamente exercemos o poder sobre os outros.

Dessa forma somos responsáveis por tudo aquilo que criamos e compartilhamos.

Contemplar é um movimento de abertura rumo à transcendência daquilo que está sendo percebido!

Transitar é o foco, muito mais do que permanecer, pois aqui e agora isso que vivo é impermanente.

Viva as singularidades criando um caminho que é único, só você pode percorrer!

Eu prefiro ser aquela metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião sobre tudo!

Om Gam Ganapataye Namaha!!!

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s