Don't Worry Be Happy!!!

Nem um, nem outro, tudo-nada, amor-ódio, cheio-vázio, bonito-feio, gostoso-ruim, etc…

Sou um canal no qual perpassam infinitas forças do universo.

O corpo é como um vulcão em erupção.

A mente que mente, sintonizando diferentes frequências.

Admiro o corpo e a mente em suas múltiplas manifestações.

Tudo que emana de mim, a mim não pertence.

Sou apenas um momento cósmico sendo manifestado, tal como infinitos outros.

Portanto, cabe a mim, contemplar a criação e o criador que sou.

O limite é aquilo que definimos como tal.

Se não possuo limites para criar, posso simplesmente ser.

Sem definições, conceituações, limitações quaisquer.

Mas estando encarnado num corpo físico, o infinito se materializa numa estrutura viva.

Por isso respiro, para suplantar toda e qualquer limitação.

Retornando ao incondicionado, ou melhor, suplantando dualidades.

Transformações sucessivas, impermanente e permanente.

Nem um, nem outro, tudo-nada, cheio-vazio, bonito-feio, gostoso-ruim, etc…

Criações, manutenções e dissoluções.

Respirando, respirando, respirando…

Aprendendo a AMAR incondicionalmente!

Om Gam Ganapataye Namaha!

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s