Don't Worry Be Happy!!!

Quando não suporto mais a mim mesmo, me entrego ao vento!

Imagem

Quando não suporto mais a mim mesmo, me entrego ao vento.

Deito e mergulho nas entranhas do ser.

Contemplo aquilo que se tornou um fardo, um peso excessivo, o karma.

Ou, mesmo aquilo que se configura como um prazer, tanto faz, nem sei mais quem sou eu.

Não me importo mais como me importava anteriormente, vivo intensamente, tem bastado.

Respiro, respiro, respiro, respiro, respiro!

Respirando, compreendo que estou sendo, eterno movimento do vir-a-ser, nunca acabado.

Deixo os pensamentos fluírem para onde desejarem, seguem livres, pois não me pertencem.

Nem o corpo que habito me pertence, nem os sentimentos ou emoções, nada, tudo é emprestado.

Infinitas configurações que o universo doa momentaneamente se constituindo como eu, provisoriamente.

Singularidades convergentes e divergentes, uma partícula num infinito espaço sideral.

Tudo se dissolve, seja o que for, nada resiste eternamente.

Roda, roda, roda, gira, gira, gira-mundo.

Vento soprando, me carregando para longe de mim mesmo, cada vez mais perto de ti, o insondável, inaudito.

 

Om Namah Shivaia!!!

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s