Don't Worry Be Happy!!!

Estranhamente estranho!

Aprendi que viver é um presente divino, uma oportunidade para realizar algo e experimentar o mundo e o ser.

Cada experiência é um deleite, por isso aprecio os detalhes de cada acontecimento vivido.

Ser estranho é um modo de se colocar no mundo onde o inaudito está presente.

Estranharia a mim mesmo se eu não fosse estranho, pois não consigo perceber de outra forma.

Estranhar é se abrir para a diversidade no mundo, compreendendo que tudo emana do ser, conscientemente ou não.

Estranhamente tudo pode ser novidade, e a tendência a repetição me soa ainda mais estranho.

Estranho seria se não fosse estranho.

E sendo estranho reconheço idiossincrasias que o ser revela constantemente.

Me sinto vivo por estranhar os outros, o mundo e a mim mesmo, assim nunca estou pronto, finalizado.

O mais estranho é viver as contradições, dualidades e paradoxos sem estranhar tudo isso.

E sendo estranho o que me resta é contemplar todo esse estranhamento de coração aberto.

Dessa forma, transformo o ser, e busco sublimar tudo aquilo que realizo.

Om Gan Ganapataye Namaha!

Intoxicated by Love – Rumi
Because of your love
I have lost my sobriety
I am intoxicated
by the madness of love

In this fog
I have become a stranger to myself
I’m so drunk
I’ve lost the way to my house

In the garden
I see only your face
From trees and blossoms
I inhale only your fragrance

Drunk with the ecstasy of love
I can no longer tell the difference
betweeen drunkard and drink
Between lover and Beloved

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s