Don't Worry Be Happy!!!

Não tenho dó de mim

Na morte de mim mesmo contemplo um renascimento possível!

Diante de um infinito de possibilidades sou impelido a viver.

Criando vida posso ir morrendo aos poucos, contemplando.

Desafiando a mim mesmo como quem está numa corda bamba.

Aquilo que me move é vida, paixão, Amar e ser Amado!

Sentimentos, emoções, experiências arrebatadoras, inauditas.

Que me levam aos confins do universo!

Não posso aceitar menos, pouco, ou quase nada, pois não há limites para o ser ser.

Sou aquilo que experimento, vivo, intenso, mergulhado na experiência, seja prazerosa ou dolorosa, apenas pontos de vistas.

Não tenho dó de mim, mas sim coragem de encarar o desconhecido, sempre.

Pois não consigo me acostumar com as mesmices humanas, nem aquelas que vivo vivendo.

Om Gan Ganapataye Namaha!

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s